top of page

Gerenciamento de obra: organização, prazo e economia

Atualizado: 30 de set. de 2021


Trazer sonhos para o mundo real pode ser uma resposta para quem pergunta qual é o trabalho de um arquiteto. Para quem já teve algum contato com a profissão, esse trabalho pode ser definido como a elaboração de desenhos como Plantas, Cortes e Imagens 3D. Outros ainda poderiam dizer que um arquiteto planeja como será uma residência, um edifício ou um espaço comercial.


Mas a verdade é que o trabalho do arquiteto vai muito além do projeto. Mais do que conceber uma edificação, o arquiteto é o profissional que tem conhecimentos para cuidar de toda a sua execução. Pouca gente sabe, mas o arquiteto também atua no gerenciamento de obra. Você sabe em que consiste esse trabalho? Entende qual é a sua importância? Leia até o final para compreender!

O que é gerenciamento de obra?


De maneira simplificada, gerenciar uma obra significa administrar o processo de construção de uma edificação. O gerenciamento tem o objetivo de garantir, além da correta execução, o cumprimento do cronograma de etapas e do planejamento financeiro da obra. Quem assume essa função deve dominar custos, contratos e prazos. O profissional precisa ser organizado e ser um bom gestor de pessoas, já que irá liderar, simultaneamente, outros profissionais que têm formações e práticas diversas.


O que o gerenciamento de obra faz?

Independentemente do modelo adotado, fazem parte do gerenciamento de obra:

1 - Elaboração do planejamento físico-financeiro da obra;

2 - Programação da aquisição de materiais e contratação de serviços, incluindo cronograma de suprimentos;

3 - Planejamento operacional e logístico da obra, incluindo o planejamento do canteiro;

4 - Controle e o acompanhamento das atividades de execução (gestão de mão de obra e de segurança);

5 - Feedback sobre o planejamento.

Quais são os benefícios do gerenciamento de obra?


Existem diversas vantagens na realização do gerenciamento de obra, principalmente quando ele é feito pelo próprio profissional que projetou a edificação. Entre as principais podemos citar:


Fidelidade na execução do projeto

Uma das principais vantagens do gerenciamento de obras feito por um profissional é a garantia do padrão de qualidade da construção. São comuns as obras que, mesmo tendo sido projetadas por arquitetos, apresentam problemas construtivos, funcionais ou mesmo estéticos, quando são executadas sem acompanhamento adequado. O gerenciamento garante uma obra com qualidade e profissionalismo.


Redução de custos

Mesmo que você tenha elaborado o planejamento financeiro e o orçamento, a obra pode acabar custando mais caro se não houver um responsável pelo gerenciamento. Diversos materiais e serviços só serão comprados ou contratados com o decorrer da obra, e um comprador inexperiente pode acabar perdendo o controle dos custos. Além disso, sem um profissional acompanhando a obra, também pode ocorrer um grande desperdiço de materiais, elevando ainda mais o gasto.

Cumprimento do prazo

A ausência de um profissional acompanhando a obra também impacta, diretamente, no tempo de finalização. O gerente de obra realiza visitas periódicas onde verifica, além da correta execução, o cumprimento dos prazos. Caso haja atrasos, ele rapidamente analisa as causas e busca soluções para garantir a entrega no prazo estipulado, seja acelerando a finalização da etapa ou executando outras etapas simultaneamente.


Minimização do stress

Mesmo com todo o planejamento, ao longo da obra certamente vão surgir imprevistos. Além do aumento de custos e dos atrasos na execução, também podem ocorrer atrasos por parte de fornecedores, danos em partes já concluídas ou mesmo erros de cálculo. Tudo isso pode gerar muita dor de cabeça, mas um bom gerente poderá lidar com essas questões de forma profissional. Lembre-se: o principal diferencial do gerenciamento é ter a garantia de uma obra sem sustos.


Comments


bottom of page